Dica para os Amantes de Amendoim

Você sabia que para consumir o amendoim alguns cuidados devem ser tomados?


O #amendoim é um dos alimentos que é favorável ao desenvolvimento de uma toxina chamada aflatoxina (assim como o figo seco, o trigo, o milho, a cevada, as castanhas, as nozes, o pistache e o leite).


A aflatoxina é produzida por um fungo que contamina alguns alimentos. Estes alimentos precisam estar em condições ideais para a proliferação, ou seja, com a umidade excessiva, a temperatura e as condições inadequadas de secagem, armazenamento e processamento do produto, o fungo se desenvolve.


Em meados dos anos 50, a Inglaterra identificou a presença dessa toxina em alimentos quando um grande número de animais começou a morrer devido ao consumo da ração exportada pelo Brasil. Foi observado que a causa das mortes eram justificadas pela presença da aflatoxina no farelo de amendoim (base da composição da ração dos animais).


Em humanos, os efeitos dessa toxina são graves, entre eles, a hepatite do tipo B, sérios danos ao sistema nervoso e o câncer primário do fígado têm sido estudados.

Por isso, se você gosta de consumir o amendoim e os produtos que levam o amendoim em sua composição (ex: pasta de amendoim e paçoca), procure produtos de boa qualidade, com a certificação do selo Pró-Amendoim. As empresas que possuem o Selo de Qualidade Pró-Amendoim são auditadas e monitoradas e, com isso, atendem os requisitos da legislação em relação aos níveis de aflatoxina, garantindo segurança dos produtos à base de amendoim.


É importante destacar que a aflatoxina é produzida sem necessariamente alterar as características sensoriais dos alimentos, ou seja, sem alterar o sabor, o aspecto ou o odor dos produtos!


E aí? Você já sabia como analisar a qualidade de um produto a base de amendoim?


Compartilhe esse artigo com os seus amigos que amam amendoim e precisam dessa informação!

Quer saber mais detalhes sobre o Programa?

Acesse: http://proamendoim.com.br/

12 visualizações0 comentário